Praça Raul Soares, 85 - Belo Horizonte - MG (31) 3292-7257 (31) 9.9357-1951
Envelopamento de carros: proteção e customização

Envelopamento de carros: proteção e customização


O que é e para que serve o envelopamento

Envelopamento de carros: proteção e customização – O envelopamento de carros é feito por meio da aplicação de uma película adesiva na superfície dos carros. Esse procedimento ganhou popularidade em 2011, quando o material mais procurado para isso era a fibra de carbono, diferentemente de hoje, sendo mais usado o PVC.

A função principal da adesivagem dos carros com essa película é a proteção da pintura original do carro, que se dá por meio da adição de uma barreira entre ela e os raios ultravioleta, a poeira, os diversos tipos de detritos e, ainda superfícies que possam provocar arranhões, evitando o desgaste da superfície, de maneira aumentar sua durabilidade em estado perfeito.

A película pode ser da mesma cor do veículo, exercendo apenas a função de barreira protetora, e também pode apresentar outras cores além dela, passando a cumprir também uma função de customização.

É importante lembrar, contudo, que a legislação de trânsito em vigência permite a alteração de apenas 50% da cor registrada nos documentos do carro, sendo necessária a autorização do Detran (Departamento de trânsito) para a alteração da cor, para que ocorra a atualização das informações do veículo no CRV (Certificado de registro de veículo) e não ocorra a infração grave penalizada com uma multa de R$195,23 e cinco pontos na CNH (carteira nacional de habilitação).

Como funciona o processo de envelopamento?

Para envelopar um veículo, é necessário procurar estabelecimentos que tenham profissionais treinados para fazer o trabalho de aplicação, que é totalmente manual e exige muita precisão e cautela, levando, em média, de dois a três dias.

É possível também aplicar a película no próprio carro, sendo muito importante se atentar à qualidade e à durabilidade do produto, que pode variar muito, existindo no mercado produtos com 12 anos de duração e produtos de 2 anos de duração.

Além disso, a aplicação própria pode levar mais tempo devido à falta de experiência e treinamento. Já o processo de retirada do material, é mais simples e, no caso de um automóvel com pintura original, não oferece riscos a ela, sendo ele mais complicado no caso de um carro que já foi repintado, podendo ter a pintura e o verniz danificados.

É importante lembrar, ainda, que os veículos envelopados exigem certos cuidados como evitar o uso de produtos químicos, priorizando o pano com água e sabão neutro na limpeza.

O custo-benefício do envelopamento

Além da proteção, da possibilidade de customização e da facilidade de remoção oferecidas pelo envelopamento, comparando-o à pintura, é perceptível que não gasta-se tanto dinheiro com o processo, visto que além do bom preço do produto e da aplicação, que em alguns casos pode ser feita pelo próprio proprietário do veículo, é possível removê-lo a qualquer momento sem custo para isso.

Além disso, o tempo gasto no processo é também significativamente menor, sendo de dois a três dias para o envelopamento e de 15 a 20 dias para a pintura.

É importante frisar, ainda, que cores como o branco e o preto possuem maior durabilidade, podendo chegar a 12 anos, enquanto as cores metálicas tendem a durar entre 5 e 7 anos, mas em todos os casos o tempo de exposição do carro e, consequentemente, da película protetora, á chuva, ao sol e a outros fatores que podem desgastá-la, influencia diretamente no tempo que o produto durará.

Leave a comment