Praça Raul Soares, 85 - Belo Horizonte - MG (31) 3292-7257 (31) 9.9357-1951
financiamento de veiculos

Financiamento de veículos


Financiamento de veículos – O carro é, hoje em dia, um dos bens materiais mais desejados pelo grande público. Ter um carro pode facilitar bastante a vida de uma pessoa, tendo em vista que a locomoção de um lugar para outro é facilitada.

Além disso, um carro abre a possibilidade de viagens, passeios, e muitas outras coisas que são praticamente impossíveis para quem depende de ônibus, táxis ou Uber (e suas variações).  Ademais, ao ter um carro para chamar de seu, automaticamente essa pessoa ganha um status social, que pode ser o objetivo de muitas pessoas em nossas sociedade.

No entanto, sabemos que poucas pessoas possuem o investimento necessário para comprar um carro. Se falarmos em carros novos, o valor médio é de R$ 30.000,00 a R$ 40.000,00, para carros populares. Carros seminovos, por outro lado, possuem um valor médio entre R$ 20.000,00 a R$ 30.000,00,

Esse é um valor que está fora da realidade da grande maioria dos brasileiros. A saída, então, pode ser passar pelo financiamento. No entanto, quais são as vantagens desse processo? Vale ou não a pena financiar um carro? Quais são os tipos de financiamento existentes?

Tipos de financiamento de veículos

Existem diferentes tipos de financiamento de veículos:

– CDC: ­– Financiamento de veículos

O Crédito Direto ao Consumidor, também conhecido como CDC, é o tipo mais comum de financiamento de veículos no Brasil. Nessa modalidade, uma instituição financeira, como, por exemplo, um banco de renome, irá emprestar o dinheiro referente ao carro para o consumidor, que irá imediatamente compra-lo junto à concessionária.

O banco irá dividir o valor em parcelas e fixar juros fixos a cada mês. Apesar de fixos, essas taxas são altíssimas. Ao final de todo o pagamento, o consumidor paga aproximadamente dois veículos para a instituição financeira.

Caso seja inadimplente, isto é, não pague um grande número de parcelas consecutivamente, o banco pode entrar na justiça para tomar o carro. Dessa forma, o veículo é leiloado para que as parcelas restantes sejam pagas com o valor do leilão.

– Leasing: – Financiamento de veículos

É uma forma de financiamento parecida com o Crédito Direto ao Consumidor. No entanto, ao invés de ter o veículo em seu nome logo no início do processo, ele fica no nome do banco.

Em outras palavras, é como se o banco comprasse o carro e alugasse a você. Assim, você terá o veículo em seu nome apenas quando quitar a última parcela. Os juros, assim como no CDC, são fixos, mas muito altos.

– Consórcio: – Financiamento de veículos

Outra modalidade de financiamento de veículos muito conhecida é o consórcio. Ele funciona da seguinte maneira: você escolhe um valor que quer para comprar o seu carro (geralmente, administradoras de consórcios fixam valores de carros para facilitar o processo), e em quanto tempo você deseja pagar aquele valor.

Dali em diante, você paga a paga-lo por mês, mas sem o carro. Terão sorteios mensais, que sortearão algumas pessoas do consórcio para serem contempladas, isto é, pegarem o valor que optaram no início do consórcio.

A grande vantagem desse tipo de financiamento é que não possui juros, apenas algumas taxas de administração. No entanto, você pode ficar anos pagando um consórcio e não ser sorteado. Caso o tempo do seu consórcio acabe e você ainda não tenha sido contemplado, o valor lhe é dado automaticamente.

É uma das melhores opções se você não tem pressa de ter o veículo.

Leave a comment